O outro lado

Chorei…

Chorei de uma forma que me faltou o ar, que me doía a cara, o peito, a alma… Sentei-me ali, naquele banco de jardim que dá abrigo aos velhos do Restelo das manhãs de Outono. O meu olhar turvo sobre os castanhos das folhas que me rodeavam… Foi-se embora… Acabou… gritava eu em silêncio ,numa dor tão profunda que os meus olhos se toldaram de negro para sempre. Mas porquê…?… porquê?… Deus leva-me… peço-te.. leva-me…

E tu chegas-te. Sentado ao pé de mim, nem me dei conta que ali estavas, só quando a tua mão quente segurou as minhas, gelada de tristeza e de mágoa. Mas porquê?… e tu, sempre sábio e seguro: Estava doente, cansada e em sofrimento… tinha que ir um lugar melhor. Sossega. Um dia vamos ter com ela e abraçamos a eternidade…

by Ana Rosa S. Patrício

Anúncios

0 Responses to “O outro lado”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Visitaram

  • 46,494 pessoas

Flickr do mundo

Come back here!

Sky on fire

Northern harriers and kung fu fighting

La force tranquille

Mais fotos

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 2 outros seguidores

Oriente-se

Março 2010
D S T Q Q S S
« Fev   Abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

%d bloggers like this: